Como abrir um ecommerce: passo a passo para abrir CNPJ para loja virtual

Como abrir um ecommerce - foto empreendedora digital feliz com venda da sua loja virtual

Como abrir um ecommerce? Essa é uma dúvida comum entre empreendedores que estão atentos ao forte crescimento do comércio eletrônico nos últimos anos e as suas tendências para o futuro.

Abrir um ecommerce pode ser um negócio extremamente rentável e lucrativo, quanto a isso, não temos dúvidas. No entanto, para que seja possível alcançar os resultados esperados, é preciso fazer a coisa certa.

Neste conteúdo, vamos fornecer todas as orientações que você precisa para abrir a sua loja virtual, incluindo os benefícios desse tipo de negócio, as melhores plataformas de ecommerce, regimes tributários e o passo a passo para abrir sua loja virtual.

Deseja saber tudo sobre o empreendedorismo no ecommercer? Acompanhe esse conteúdo até o final, ou se preferir, clique em um dos botões abaixo e fale diretamente com um contador especialista.

Botão de Contato sobre consultoria especializada em negócios digitais        Botão de Contato sobre consultoria especializada em negócios digitais

O que é ecommerce e para que ele serve?

Pode parecer óbvio, mas você sabe exatamente o que é um e-commerce e qual o seu significado?

A palavra “ecommerce” tem origem na língua inglesa, mais precisamente no termo “comércio eletrônico”.

Diante disso, podemos definir o e-commerce como um segmento de mercado formado por um conjunto de estabelecimentos especializados no anúncio e venda de produtos na internet.

Por falar em como abrir um ecommerce, vale destacar que você pode encontrar diferentes alternativas para atuar nesse mercado, dentre as quais, podemos destacar:

  • Montar e anunciar produtos em um e-commerce próprio;
  • Vender produtos por meio de uma loja no Instagram ou Facebook;
  • Anunciar e vender produtos por meio de um marketplace, como a Amazon, Magazine Luíza, B2W ou Mercado Livre.

Também é importante destacar que para montar um ecommerce próprio, você precisa conhecer as melhores plataformas de ecommerce do mercado. 

Você precisará ter um site e instalar uma plataforma de e-commerce para cadastrar, anunciar seus produtos e controlar os pedidos.

Dentre as opções de maior destaque, podemos citar:

  • Zyro
  • WooCommerce
  • Prestashop
  • Magento
  • OpenCart
  • AbanteCart
  • osCommerce
  • Nuvemshop
  • Cubecart
  • Open Real State

Abertura de CNPJ para negócios digitais - vetor empreendedor de sucesso ideia de abertura de empresa

Como abrir um ecommerce: vale a pena ser autônomo ou abrir CNPJ para loja virtual?

Já falamos sobre o que faz um ecommerce e listamos as melhores plataformas para montar esse tipo de negócio. 

Sendo assim, é hora de analisar e responder duas perguntas muito importantes e que estão diretamente relacionadas a como abrir um ecommerce, são elas:

1.Ecommerce pode ser MEI? Como regra geral sim, no entanto, tudo vai depender do CNAE e do tipo de produto comercializado na sua loja online.

Você pode abrir um ecommerce para vender roupas ou eletrônicos, mas não pode abrir um MEI para ecommerce que vende produtos farmacêuticos, por exemplo.

2.Preciso abrir empresa e CNPJ para loja virtual? Sim. Para montar uma loja virtual, você precisa investir na abertura de empresa e CNPJ, pois só assim, poderá emitir suas notas fiscais e permanecer em dia com o fisco.

Atenção: Ao montar negócio no ecommerce como pessoa física, você não poderá emitir nota fiscal e despachar suas mercadorias.

Quais os benefícios de abrir um ecommerce?

Investir na abertura de empresa para ecommerce e abrir CNPJ é fundamental para quem pretende montar negócio nesse segmento e aproveitar todos os benefícios que somente quem decide abrir empresa pode receber.

Quando o assunto é como abrir uma ecommerce, a regularização como PJ (pessoa jurídica), pode garantir uma série de benefícios, dentre os quais, podemos destacar:

  • Redução de impostos;
  • Permissão para emissão de notas fiscais;
  • Acesso aos melhores fornecedores do mercado;
  • Acesso a condições diferenciadas de crédito e financiamento;
  • Manutenção da sua regularidade fiscal;
  • Maior credibilidade junto aos consumidores;
  • Maior poder de negociação com fornecedores;
  • Possibilidade de fechar contratos com transportadoras;
  • Negócio rentável em um mercado com forte expansão e crescimento.

Não temos dúvidas, são inúmeros os benefícios relacionados a abertura de empresa para ecommerce, dentre eles, a economia de impostos.

Confira na sequência, quais são os regimes tributários para você que está em busca de informações sobre como abrir um ecommerce.

Simples Nacional

  • Regime tributário para ecommerces com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões.
  • Alíquota efetiva entre 4% a 11,12% sobre o faturamento mensal.

Lucro Presumido

  • Regime tributário para ecommerces com faturamento anual de até R$ 78 milhões.
  • Alíquota efetiva de 5,93% mais a alíquota de ICMS (imposto estadual).

Lucro Real

  • Regime tributário para ecommerces com faturamento acima de R$ 78 milhões;
  • Tributação variável, calculada sobre o lucro líquido da loja virtual.

Para saber mais sobre cada regime tributário e descobrir o mais econômico para o seu negócio, entre em contato conosco e fale com um contador especializado.

Como abrir um ecommerce: escolhendo a natureza jurídica

Para abrir uma empresa, o lojista virtual precisa se atentar a vários detalhes para ter uma empresa bem estruturada.

Mas não se preocupe, um contador especializado em negócios digitais pode te ajudar e dentre várias etapas da abertura de empresa, vai precisar definir a natureza jurídica.

Mas o que é natureza jurídica? É o mesmo que tipo de empresa e serve para definir as responsabilidades jurídicas dos sócios empresários sobre o negócio.

Hoje no Brasil, temos muitas naturezas jurídicas, mas vamos nos atentar às principais para abrir um comércio eletrônico, sendo elas:

  • Sociedade Empresária Limitada: esse tipo de empresa é o que mais se encaixa para negócios digitais, quando a ideia é abrir uma empresa com um ou mais sócios. Nela, os sócios têm proteção dos bens pessoais e ainda liberdade para abrir outro CNPJ. 
  • Sociedade Limitada Unipessoal: a SLU é uma natureza jurídica que tem as mesmas características da sociedade empresária limitada, mas com a condição de constituir uma empresa individual, ou seja, sem sócios. Tem sido a melhor opção para abrir uma microempresa e também para migrar de MEI para ME.
  • Empresário Individual: o EI é um tipo societário de empresa individual que atualmente não tem sido muito usado, pelo motivo de, ao contrário da SLU, não oferecer proteção ao patrimônio pessoal do empresário e limitá-lo a abrir um CNPJ somente.

Sendo assim, é fácil concluir que a melhor natureza jurídica para abrir uma loja virtual é a Sociedade Limitada Pessoal se for abrir uma empresa individual ou se fizer o desenquadramento do MEI para o Simples Nacional.

Como abrir um ecommerce: passo a passo completo

Pensando em como abrir uma loja virtual, mas não sabe exatamente por onde começar? Vamos ajudar você!

Confira o passo a passo abaixo, veja como montar um ecommerce e confira o que é preciso para fazer a abertura da empresa:

  1. Contrate um serviço especializado de contabilidade para abrir um CNPJ;
  2. Defina com o contador, a natureza jurídica e regime tributário ideal;
  3. Forneça os documentos necessários (RG, CPF, Comprovante de Residência e IPTU);
  4. Adquira um certificado digital e-CPF e um certificado e-CNPJ;
  5. Aguarde enquanto o contador regulariza a sua loja virtual.

O contador ficará responsável pelos seguintes procedimentos de legalização:

  • Consulta prévia de viabilidade;
  • Registro na Junta Comercial;
  • Emissão do CNPJ;
  • Emissão da Inscrição Estadual;
  • Emissão do Alvará de Localizalização e Funcionamento.

Como abrir um ecommerce em endereço residencial? Por que abrir CNPJ em sede virtual?

Você sabia que pode começar o seu ecommerce com baixo investimento, sem alugar ou adquirir um ponto comercial?

Dentre as opções para abrir um ecommerce, estão, em alguns casos, o seu próprio endereço residencial, ou então a contratação de uma sede virtual.

Por sinal, a sede virtual ou endereço fiscal é a solução ideal para garantir um endereço comercial para o seu ecommerce e evitar restrições comuns a residências, como por exemplo, as regras da convenção de condomínio.

Contabilidade especializada em negócios digitais - vetor contador especializado planejamento tributário copiar

Contabilidade para e-commerce: a importância da organização contábil da sua loja virtual

Agora que você já sabe tudo sobre como abrir um ecommerce e já decidiu fazer a abertura de empresa, é necessário saber que seu negócio precisa de um escritório contábil especializado para cuidar da gestão contábil, financeira, tributária e trabalhista.

Esse controle é necessário, para manter a organização contábil e financeira do seu comércio eletrônico e se planejar para o tomadas de decisões futuras e também prestação contas ao fisco com clareza e segurança.

Com o apoio de uma contabilidade especializada em ecommerce, você legaliza as suas atividades, paga menos impostos e evita problemas com o fisco.

Clique em um dos botões abaixo e conte com o apoio da Soluzione Negócios Digitais para regularizar a sua empresa.

Botão de Contato sobre consultoria especializada em negócios digitais        Botão de Contato sobre consultoria especializada em negócios digitais

Você quer impulsionar o seu negócio digital?

Em 3 passos simples você entra em contato com nossos especialistas e contrata nossos serviços especializados.