Contabilidade para Gestor de Tráfego: tributação, regularização e apoio especializado

Contabilidade para Gestor de Tráfego - foto macbook plano de marketing digital

Procurando uma contabilidade para gestor de tráfego que ajude você a regularizar o seu negócio e pagar menos impostos? Se a sua resposta foi “SIM”, a Soluzione Negócio Digitais é a sua melhor opção.

Nesse conteúdo, vamos explicar em detalhes como funciona a contabilidade para gestores de tráfego, incluindo as formas de tributação e o que é necessário para abrir a sua empresa.

Deseja saber mais e descobrir como o nosso time de contadores especialistas pode ajudar você ou a sua empresa a ser mais lucrativa, pagando menos impostos?

Continue conosco e acompanhe esse conteúdo até o final, ou se preferir, clique em um dos botões abaixo e fale com um dos nossos contadores agora mesmo.

Botão de Contato sobre consultoria especializada em negócios digitais        Botão de Contato sobre consultoria especializada em negócios digitais

Contabilidade para gestores de tráfego: O que faz uma empresa de gestão de tráfego?

As empresas e profissionais que atuam na área de gestão de tráfego são especialistas em gerar tráfego na internet para empreendedores e empresas que desejam alcançar maior visibilidade para os seus produtos e serviços.

Esses profissionais gerenciam anúncios em plataformas como o Facebook, Google e Instagram, buscando formas para otimizar os resultados das campanhas.

O serviço do gestor de tráfego compete desde fazer anúncios patrocinados para comércios, clínicas e consultórios locais, até participar de grandes lançamentos digitais em parceria com infoprodutores em plataformas como Hotmart, Eduzz e Monetizze.

Para participar de grandes lançamentos digitais, o gestor de tráfego se cadastra como coprodutor, recebendo sua comissão diretamente das plataformas digitais, conforme acordado previamente, através de um contrato de coprodução.

Contabilidade especializada em negócios digitais - vetor contador especializado planejamento tributário copiar

Gestor de tráfego pessoa física ou jurídica: Qual a opção mais econômica?

Muitos profissionais que atuam na área de gestão de tráfego, desempenham as suas tarefas como pessoa física, ou seja, em nome próprio, sem abrir um CNPJ e contar com o apoio de uma assessoria contábil especializada.

A maior parte das pessoas acredita que assim, podem pagar menos impostos e aumentar os seus lucros, quando na verdade o que acontece é justamente o contrário.

De acordo com a legislação tributária em vigor no país, os empreendedores e profissionais que prestam serviços como pessoa física devem tributar os seus rendimentos com base no IRPF – Imposto de Renda Pessoa Física, recolhendo uma guia mensal.

Confira a tabela do Imposto de Renda Pessoa Física e suas alíquotas:

Tabela Imposto de Renda Pessoa Física Soluzione Negócios Digitais

Economia de impostos e a tributação para empresas de gestão de tráfego.

Olhando para a tabela, não restam dúvidas, atuar como pessoa jurídica com o apoio de uma contabilidade para gestor de tráfego, pode garantir uma importante economia.

Quem procura uma contabilidade especializada em negócios digitais para abrir uma empresa de gestão de tráfego e pagar menos impostos, tem à sua disposição as seguintes opções:

Simples Nacional

Regime tributário para empresas que faturam até R$ 4,8 milhões ao ano, onde o gestor de tráfego pode ser tributado com alíquota a partir de 6% sobre o seu faturamento mensal.

Na prática, a alíquota de contribuição vai depender do valor do seu faturamento e folha de pagamento, abaixo você confere os anexos do Simples e suas regras:

Anexo III: Alíquota efetiva entre 6% e 19,50% (considerando deduções) para empresas com fator R igual ou maior que 28%.

Tabela Simples Nacional Anexo III

Anexo V: Alíquota efetiva entre 15,50% e 19,25% (considerando deduções) para empresas com fator R menor que 28%.

Tabela Simples Nacional Anexo V

Para encontrar o FATOR R de uma empresa, basta utilizar a seguinte fórmula: Fator R = massa salarial / receita bruta.

Lucro Presumido

Outra opção para quem pretende regularizar suas atividades como gestor de tráfego e pagar menos impostos, é o Lucro Presumido, regime no qual, esse tipo de atividade é tributada da seguinte forma:

  • IRPJ: 4,80%
  • CSLL: 2,88%
  • PIS: 0,65%
  • COFINS: 3%
  • ISS: 2% a 5% (de acordo com o município da empresa).

Alíquota Final: 13,33% a 16,33%

Lucro Real

Por fim, ainda temos o Lucro Real, regime tributário geralmente utilizado por grandes empresas, pois a sua complexidade exige maiores custos operacionais para um efetivo controle.

Além disso, nesse regime de tributação, as alíquotas de contribuição costumam ser elevadas para empresas com uma boa margem de lucro.

Gestor de tráfego pode ser MEI?

Você já percebeu que com o apoio de uma contabilidade para gestores de tráfego é possível garantir uma boa economia no pagamento de impostos, através de um planejamento tributário e de uma assessoria contábil especializada.

No entanto, talvez, esteja se perguntando: gestor de tráfego pode ser MEI?

Infelizmente não, as atividades de gestão de tráfego não estão previstas no MEI

Abertura de CNPJ para negócios digitais - vetor empreendedor de sucesso ideia de abertura de empresa

Contabilidade para gestor de tráfego: Como regularizar suas atividades

Por fim, agora que você já sabe que a assessoria da contabilidade para gestor de tráfego pode ajudar você a pagar menos impostos, é hora de conhecer o passo a passo para abrir a sua empresa.

O processo é muito simples, para começar, basta separar alguns documentos, são eles:

  • RG e CPF;
  • Comprovante de Residência;
  • Certidão de Casamento (se houver);
  • Comprovante de endereço e Carnê IPTU do local para registro da empresa.

Com esses documentos em mãos, nossos especialistas em contabilidade para gestores de tráfego iniciarão o processo de abertura da sua empresa, que consiste em:

  • Registro do contrato social na Junta Comercial para obter o NIRE;
  • Registro do NIRE na Receita Federal para obter o CNPJ;
  • Cadastro do CNPJ na Prefeitura Municipal para obter a Inscrição Municipal;
  • Obtenção do Certificado Digital para a contabilidade prestar a assessoria contábil.

Após esse passo a passo da abertura de empresa, o gestor de tráfego estará pronto para atuar e emitir notas fiscais.

Porém vai precisar obrigatoriamente de um Escritório de Contabilidade para fazer a escrituração contábil e, para contratar nossos serviços de abertura de CNPJ, Gestão contábil, financeira, fiscal e trabalhista, clique em um dos botões abaixo:

Botão de Contato sobre consultoria especializada em negócios digitais        Botão de Contato sobre consultoria especializada em negócios digitais