Como abrir empresa para Social Media: CNPJ, tributação e contabilidade

Como abrir empresa para Social Media - foto notebook news social media copiar)

Como abrir empresa para social media? Essa é uma dúvida muito comum entre profissionais que atuam na área e muito provavelmente, pode também ser a sua.

Preparamos um conteúdo completo sobre a abertura de empresa para social media, onde você vai entender a importância da abertura de CNPJ e conferir o passo a passo completo para regularizar e abrir a sua empresa.

Aqui você também vai conferir como funciona a tributação do profissional de social media e tirar uma série de dúvidas a respeito da contabilidade.

Deseja saber mais sobre contabilidade para social media e descobrir o caminho para regularizar a sua empresa? Continue conosco e acompanhe esse conteúdo até o final.

O que faz um social media?

A profissão de social media é uma das que mais crescem no Brasil e também em outras partes do mundo, principalmente em função da forte expansão das redes sociais.

O social media é o profissional responsável por gerar conteúdo e administrar as redes sociais de empresas e personalidades, incluindo a publicação de posts, stories, reels, o compartilhamento de conteúdos e a interação com o público via mensagens no direct e comentários.

Cada vez mais procurados e requisitados, os profissionais de social media estão por trás do sucesso de muitas empresas nas principais redes sociais, como Facebook, Instagram, Tik Tok e Twitter.

Por que e como abrir empresa para social media?

Agora que já comentamos a respeito da profissão, é hora de começar a detalhar a importância e como abrir empresa para social media.

O primeiro ponto a se considerar é a economia de impostos. Quem decide abrir uma empresa para social media pode economizar bastante na hora de acertar as contas com o fisco.

O social media que atua como pessoa física pode ser tributado em até 27,50% sobre os seus rendimentos, contra alíquotas bem menores, caso decida atuar como pessoa jurídica.

Além disso, ao abrir CNPJ, é possível ter acesso a outros benefícios, como por exemplo, a emissão de notas fiscais pelos serviços prestados.

Por sinal, vale destacar que os melhores e maiores clientes sempre vão exigir nota fiscal pelos serviços prestados.

Como abrir empresa para social media e como funciona a sua tributação?

A economia de impostos é um dos principais pontos quando o assunto é como abrir empresa para social media, veja como funciona:

De acordo com a legislação em vigor, as atividades de social media estão vinculadas ao CNAE 6319-4/00 – Portais, provedores de conteúdo e outros serviços de informação na internet

Por sua vez, as empresas enquadradas nesse CNAE, podem optar por um dos seguintes regimes tributários:

Simples Nacional: Tributação entre 6% e 19,50%, com faturamento máximo de R$ 4,8 milhões ao ano.

Lucro Presumido: Tributação entre 13,33% e 16,33%, com faturamento máximo de R$ 78 milhões ao ano.

Lucro Real: Tributação com base nas alíquotas abaixo, sem limitação de faturamento:

  • IRPJ: 15%
  • CSLL: 9%
  • COFINS: 7,6%
  • PIS: 1,65%
  • Adicional de IR: Sobre o lucro trimestral superior a R$ 60 mil.

Monte um planejamento tributário completo com o apoio de uma contabilidade especializada em social media e negócios digitais e garanta economia no pagamento de impostos.

Você é social media e anda pagando mais impostos que o necessário, atuando como pessoa física e tem visto seus lucros comprometidos pela fatia da sua renda destinada ao fisco?

Continue conosco, conte com o apoio da Soluzione Negócios Digitais, veja como abrir empresa para social media e comece a pagar menos impostos.

Como abrir empresa para social media: qual a melhor natureza jurídica?

Na constituição de um CNPJ é necessário definir o tipo de empresa ou seja, a Natureza Jurídica, que vai determinar a responsabilidade jurídica dos empresários sobre o negócio.

Há várias naturezas jurídicas disponíveis para abrir empresa no Brasil e vamos explicar as melhores para Social Media:

  • Sociedade Empresária Limitada: é o melhor tipo de empresa para abrir quando vai empreender com um ou mais sócios, garantindo a proteção do patrimônio pessoal de cada um, além de dar a possiblidade de abrir outras sociedades, além de não precisa de um capital social alto, como era o caso da extinta Eireli.
  • Sociedade Limitada Unipessoal: essa natureza jurídica tem as mesmas características que a sociedade empresária LTDA, com o benefício de constitui-la sem a necessidade de sócios, na forma de empresa individual. A SLU é a mais indicada para abrir microempresa ou para migrar de MEI para ME.
  • Empresário Individual: esse tipo societário já foi mais usado, sendo hoje obsoleto, por não ter os benefícios das sociedades limitadas, sendo que ao abrir um Empresário Individual, o Social Media não tem proteção do patrimônio e nem liberdade para abrir outro CNPJ.

Sendo assim, entendemos que quem vai começar a atuar como Social Media, geralmente começa sozinho e por isso a SLU, Sociedade Limitada Unipessoal, é a mais indicada.

Social Media pode ser MEI?

O MEI – Microempreendedor Individual é um tipo de empresa instituída pela Lei Complementar 128/08 e que possui com uma das suas principais vantagens, a facilidade para abertura de empresa e o pagamento de imposto em valor fixo e guia única.

Diante disso, muitos profissionais que buscam a regularização das suas atividades, pensam no MEI como a sua primeira opção.

No entanto, precisamos destacar que de acordo com a legislação em vigor, Social Media não pode ser MEI, uma vez que suas atividades não estão previstas no regime.

Como abrir empresa para social media: Passo a Passo para abrir um CNPJ

Abrir um CNPJ e regularizar as suas atividades como social media, é sem dúvidas uma importante decisão como empreendedor.

Agora que você já conhece os benefícios da abertura de empresas e sabe que ao regularizar as suas atividades, poderá pagar menos impostos, continue conosco e confira um passo a passo completo com todos os detalhes sobre como abrir empresa para social media:

1.Contrate uma contabilidade para negócios digitais: Contratar uma contabilidade especializada é o primeiro passo para regularizar as suas atividades como social media.

O contador especialista fornecerá todas as instruções para que você não somente regularize as suas atividades e conquiste o seu CNPJ, como também para que você pague menos impostos.

2.Separe a documentação necessária: Após contratar uma contabilidade especializada em negócios digitais, você precisará separar os documentos necessários para regularizar as suas atividades e abrir um CNPJ, incluindo:

  • RG e CPF;
  • Comprovante de Residência;
  • Certidão de Casamento (se houver);
  • Carnê IPTU do local para instalação da empresa.

3.Defina o endereço comercial da empresa: com a lei da liberdade econômica, dentro de alguns requisitos, foi liberada a abertura de empresa em endereço residencial.

Porém como o endereço fica exposto, por ser o CNPJ um documento público, e essa profissão tornar o empresário uma pessoa pública, sugerimos abrir CNPJ em um endereço fiscal como um coworking por exemplo.

Além de ter mais segurança, pode te ajudar a pagar menos impostos e te dar liberdade de mudar para onde quiser sem precisar fazer alteração contratual. Consulte um contador especializado para entender melhor sobre o assunto.

4.Escolha o regime tributário da sua empresa: Logo na sequência, será preciso avaliar em conjunto com a contabilidade, o melhor regime tributário para a sua empresa, dentre as seguintes opções:

  • Simples Nacional;
  • Lucro Presumido;
  • Lucro Real.

5.Escolha a natureza jurídica da empresa: Também será necessário determinar a melhor natureza jurídica para abertura da sua empresa, dentre as seguintes opções:

  • EI – Empresário Individual;
  • SLU – Sociedade Limitada Unipessoal;
  • Sociedade Empresária Limitada.

6.Adquira um certificado digital: Você também precisará adquirir um certificado digital de pessoa jurídica, para o contador fazer a gestão contábil da sua empresa

O certificado digital poderá ser do tipo A1, com validade de 1 ano ou A3, cuja validade é de 3 anos.

7.Aguarde o registro e emissão de documentos: Por fim, basta aguardar enquanto a contabilidade cuida do registro da sua empresa na Junta Comercial e emissão de documentos, como o CNPJ, a Inscrição Municipal e o Alvará de Funcionamento.

Deseja saber mais sobre como abrir empresa para social media e regularizar as suas atividades? 

Clique em um dos botões abaixo e entre em contato com o time de especialistas da Soluzione Negócios Digitais.

Você quer impulsionar o seu negócio digital?

Em 3 passos simples você entra em contato com nossos especialistas e contrata nossos serviços especializados.