Tributação para social media: como pagar menos impostos na gestão de mídias sociais

Tributação para social media - imagem de gestora de redes sociais com notebook sorrindo

Se você chegou até aqui em busca de informações sobre a tributação para social media e de uma alternativa para pagar menos impostos sobre o seu trabalho no marketing digital através das redes sociais, saiba que você chegou ao lugar certo!

Neste conteúdo, a Soluzione Negócios Digitais, vai explicar em detalhar, como funciona a carga tributária do social media, e o que você pode fazer para reduzir a tributação sobre os seus ganhos.

Além disso, aqui você vai descobrir se vale a pena abrir CNPJ para exercer sua atividade e qual a importância da contabilidade para social media. Para saber mais, continue a leitura ou clique em um dos botões abaixo para falar com um contador especialista.

O que faz um social media e o que é gestão de mídias sociais?

O social media é um profissional de marketing digital que trabalha com gestão de mídias sociais, criando e gerenciando conteúdo para as redes sociais de uma empresa, marca ou indivíduo. 

Esses profissionais são responsáveis por desenvolver estratégias de marketing de mídia social e implementar campanhas que aumentem o engajamento do público, fortaleçam a marca, gerem tráfego e conversões.

Dentre as principais redes sociais que um social media pode gerenciar, podemos destacar o Instagram, Facebook, TikTok e Kwai.

Quanto ganha um social media?

Em geral, um social media iniciante pode ganhar em torno de R$ 2.000 a R$ 3.000 por mês no Brasil, enquanto um profissional mais experiente pode ganhar entre R$ 4.000 a R$ 8.000 mensais. Porém, há casos de profissionais que alcançam destaque e ganham acima disso.

Por sua vez, quanto maior o rendimento mensal, maior a atenção que os profissionais da área precisam dedicar ao tema tributação para social media.

Vale a pena ser social media pessoa física ou pessoa jurídica?

Por falar em tributação para social media, uma das principais dúvidas relacionadas ao assunto diz respeito aos benefícios de abrir um CNPJ.

Afinal, vale a pena abrir uma empresa para o social media autônomo atuar como pessoa jurídica (PJ) ou é melhor prestar os serviços na pessoa física (PF)?

Se você chegou aqui em busca de informações sobre como pagar menos impostos, saiba que em qualquer negócio digital, o melhor caminho é abrir um CNPJ, já que a tributação para pessoas jurídicas costuma ser menor que a cobrada das pessoas físicas.

Qual o CNAE para social media?

De acordo com a legislação em vigor, o novo CNAE para social media é o CNAE 6319-4/00 – Portais, provedores de conteúdo e outros serviços de informação na internet.

Em outras palavras, esse é o código de atividade que precisará ser vinculado ao seu CNPJ para que você atue de forma regular e com o apoio de uma contabilidade especializada consiga aproveitar uma boa redução de impostos.

Qual o melhor regime de tributação para social media?

Já que estamos falando de tributação para social media, é preciso apresentar os três tipos de tributação disponíveis para os profissionais que decidem abrir um CNPJ.

Neste tópico, você conhecerá mais detalhes sobre o Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real, a fim de descobrir qual é a opção mais vantajosa para sua realidade.

Tributação para social media no Simples Nacional

No Simples Nacional a alíquota do social media pode começar em apenas 6% sobre o faturamento, se o enquadramento do profissional for realizado no Anexo III ou em 15,50% para aqueles que são enquadrados no Anexo V.

De acordo com a regra do Fator R, o Anexo III é destinado para aqueles que possuem despesas com folha de pagamento em volume igual ou superior a 28% sobre o próprio faturamento e o Anexo V, para aqueles que não atendem essa condição.

Anexo III

Faixa

Receita em 12 meses

Alíquota

Valor a deduzir

Até 180.000,00

6,00%

De 180.000,01 a 360.000,00

11,20%

R$ 9.360,00

De 360.000,01 a 720.000,00

13,20%

R$ 17.640,00

De 720.000,01 a 1.800.000,00

16,00%

R$ 35.640,00

De 1.800.000,01 a 3.600.000,00

21,00%

R$ 125.640,00

De 3.600.000,01 a 4.800.000,00

33,00%

R$ 648.000,00

Anexo V

Faixa

Receita em 12 meses

Alíquota

Valor a deduzir

Até 180.000,00

15,50%

De 180.000,01 a 360.000,00

18,00%

R$ 4.500,00

De 360.000,01 a 720.000,00

19,50%

R$ 9.900,00

De 720.000,01 a 1.800.000,00

20,50%

R$ 17.100,00

De 1.800.000,01 a 3.600.000,00

23,00%

R$ 62.100,00

De 3.600.000,01 a 4.800.000,00

30,50%

R$ 540.000,00

Tributação para social media no Lucro Presumido

Por sua vez no Lucro Presumido a alíquota do social media pode variar de 13,33% a 16,33% sobre o faturamento mensal, observada a seguinte distribuição de impostos:

  • 11,33% em impostos federais;
  • 2% a 5% em impostos municipais.

Converse com o nosso time de contadores para abrir a sua empresa em um município com alíquota de 2% para o seu tipo de atividade e pague menos impostos!

Tributação para social media no Lucro Real

Por fim, quanto o assunto é o tipo de tributação para social media, temos ainda o Lucro Real, opção que acaba não sendo muito interessante para a maior parte dos casos em função da sua complexidade.

Em todo caso, conheça as alíquotas:

  • 15% de IRPJ sobre o lucro líquido;
  • 9% de CSLL sobre o lucro líquido;
  • 7,6% de COFINS sobre o faturamento;
  • 1,65% de PIS sobre o faturamento;
  • 2% a 5% de ISS sobre o faturamento.

Por que e como fazer um planejamento tributário?

Quando o assunto é a tributação para social media, o apoio de uma contabilidade especializada e a elaboração de um bom planejamento tributário, pode significar:

  • Escolha do melhor regime tributário;
  • Redução de impostos;
  • Correta adequação tributária.

Não tenha dúvidas, se você deseja pagar menos impostos, o planejamento tributário elaborado por uma contabilidade especializada é o caminho.

A importância da contabilidade para social media?

Agora que você já sabe tudo sobre tributação para social media, é hora de saber quais as obrigações o empresário digital deve cumprir após abrir CNPJ.

Uma das partes mais importantes para uma empresa de marketing digital, é cumprir com todas as obrigações contábeis, pois é um requisito mínimo para o sucesso de um negócio digital.

E para ter uma empresa em dia com o fisco, é ter o apoio de uma contabilidade especializada em negócios digitais que faça toda a gestão contábil, fiscal, tributária, trabalhista e financeira da empresa.

A contabilidade para social media e o apoio de um contador especializado, ajudará você a abrir CNPJ para social media, manter todas as suas obrigações em dia com o fisco e além disso, pagar menos impostos.

Procurando uma contabilidade digital que entenda do seu negócio? 

Conte com a Soluzione Negócios Digitais. Clique em um dos botões abaixo e entre em contato conosco!

Você quer impulsionar o seu negócio digital?

Em 3 passos simples você entra em contato com nossos especialistas e contrata nossos serviços especializados.