Como abrir uma empresa de coprodução: passo a passo para abrir CNPJ para co-produção

Como abrir uma empresa de coprodução - foto coprodutor sentado com notebook fazendo campanhas de marketing

Como abrir uma empresa de coprodução? Essa é uma dúvida comum entre aqueles que pretendem formalizar e regularizar suas atividades em um dos segmentos do mercado digital que mais cresce no Brasil e em outras partes do mundo.

Se você chegou até esse conteúdo em busca de informações sobre o mercado de coprodução, saiba que você está no lugar certo.

Nesse conteúdo, vamos explicar o que faz uma empresa de coprodução, quanto ganha um coprodutor e o que é preciso para abrir empresa de coprodução.

Para ficar por dentro de tudo e tirar as suas dúvidas, acompanhe esse conteúdo até o final ou clique em um dos botões abaixo, fale com um contador especialista e veja como abrir uma empresa de coprodução.

O que faz uma empresa de coprodução: vale a pena ser coprodutor?

As empresas de coprodução atuam no mercado de produtos digitais, infoprodutos e lançamentos digitais, podendo ser um gestor de tráfego ou uma agência de lançamentos.

Esse tipo de empresa auxilia os infoprodutores em ações de marketing digital, como também no desenvolvimento e lançamento de cursos online e ebooks.

Após a produção e lançamento, os conteúdos são disponibilizados para venda em plataformas de afiliados, como Hotmart, Eduzz e Monetizze.

Não restam dúvidas, abrir uma empresa nesse segmento do mercado digital e firmar parceria de coprodução com infoprodutores que pretendem lançar produtos com potencial de sucesso, pode ser uma excelente forma de ganhar dinheiro como coprodutor.

É possível atuar como pessoa física ou devo abrir CNPJ para coprodução?

A abertura de empresa é o melhor caminho para quem pretende atuar no mercado de coprodução e faturar alto com produtos digitais.

Quem decide abrir um CNPJ e atuar como pessoa jurídica, pode contar com uma série de vantagens, sendo o principal deles, a possibilidade de pagar menos impostos.

Como profissional autônomo você contribuirá com o Imposto de Renda Pessoa Física, cuja alíquota pode chegar facilmente a 27,50% sobre o seu faturamento mensal, enquanto os co-produtores que atuam como pessoa jurídica contam com alíquotas bem menores, a partir de 6% no Simples Nacional.

Além disso, é preciso destacar que por questões legais e fiscais os produtores digitais não costumam firmar parcerias com coprodutores que atuam como pessoa física.

Diante disso, podemos afirmar que não é possível entrar para o mercado de coprodução como pessoa física.

Quanto ganha um coprodutor e qual o prazo para abrir uma empresa de coprodução?

Quando o assunto é como abrir uma empresa de coprodução, uma das dúvidas mais comuns dos empreendedores, diz respeito aos rendimentos de um coprodutor.

Você sabe quanto ganha um co-produtor? Os rendimentos desse tipo de profissional variam em função da alíquota de participação definida na parceria de coprodução e no volume de vendas.

Normalmente, os infoprodutores oferecem 30% de participação, no entanto, essa não é uma regra, sendo possível obter acordos mais vantajosos.

Ainda assim, considerando que alguns infoprodutos passam de 1 milhão em vendas, 30% pode garantir um excelente rendimento.

Por sua vez, em relação ao prazo para abrir uma empresa de coprodução, o tempo normalmente necessário para completa regularização da pessoa jurídica é de 30 dias.

É melhor abrir uma Sociedade Empresária Limitada ou uma Sociedade Limitada Unipessoal para coprodução?

Quando abordamos o tema, como abrir uma empresa de coprodução, outra dúvida muito comum diz respeito a melhor natureza jurídica para esse tipo de negócio.

No entanto, na maioria dos casos, a Sociedade Empresária Limitada e a Sociedade Limitada Unipessoal estão entre as opções mais indicadas.

  • Sociedade Empresária Limitada: Opção destinada ao profissional que deseja abrir uma empresa em sociedade com outros interessados no negócio.
  • Sociedade Limitada Unipessoal: Opção destinada ao profissional que deseja abrir uma empresa sem sócios, ou seja, individualmente.

A escolha do melhor tipo de empresa deve ser orientada por um contador especializado.

Com o apoio de uma contabilidade especializada como a Soluzione Negócios Digitais, você receberá apoio para:

  • Registrar e legalizar sua empresa;
  • Migrar de MEI para ME;
  • Escolher o tipo de empresa e CNAE correto para o seu negócio;
  • Escolher o regime tributário que garanta maior economia de impostos;
  • Receber orientação para elaborar contratos de coprodução;
  • Manter todas as suas obrigações em dia com o fisco.

Você sabe qual o CNAE para coprodução, o melhor regime tributário e a melhor natureza jurídica para esse tipo de empresa?

Os CNAEs para coprodutores MEI são:

  • CNAE 8599-6/04 – Instrutor de cursos gerenciais independente
  • CNAE 5811-5/00 – Editor(a) de livros independente
  • CNAE 4761-0/01 – Livreiro independente

Os CNAEs para coprodutores ME, EPP e demais:

  • CNAE 4761-0/01 – para coprodução na venda de e-books;
  • CNAE 8599-6/04 – para coprodução na venda de cursos e treinamentos online.

Por isso, quando o assunto é como abrir uma empresa de coprodução, não tenha dúvidas, a Soluzione Negócios Digitais é a sua melhor opção para fazer um planejamento tributário e definir as atividades corretas.

Passo a passo sobre como abrir uma empresa de coprodução

Após tirar uma série de dúvidas, é hora de conferir tudo o que é preciso saber quando o assunto é abertura de empresa.

Confira o passo a passo que preparamos para você:

1.Separe os documentos necessários:

  • RG e CPF;
  • Comprovante de Residência;
  • Comprovante de endereço para instalação da empresa;
  • Certidão de Casamento (quando houver);
  • Contrato Social ou Requerimento de Empresário.

2.Contrate uma contabilidade especializada:

Após separar os documentos necessários, contrate uma contabilidade especializada e preparada para fornecer todas as orientações que você precisa.

Um contador especializado em atividades de coprodução, pode fornecer assessoria para a abertura e regularização da empresa, elaboração do contrato social, acordo de sócios e muito mais.

3.Adquira o certificado digital:

Para abrir uma empresa, você também precisará adquirir um certificado digital pessoa jurídica, e-CNPJ e um certificado pessoa física e-CPF.

Os certificados serão utilizados pela contabilidade para assinatura eletrônica de documentos e troca de informações ao fisco.

4.Aguarde a regularização da empresa:

Agora, basta aguardar alguns dias, enquanto a contabilidade cuida do registro da empresa e emissão de documentos como o CNPJ e o Alvará de Funcionamento.

Com tudo pronto, recomendamos que o empreendedor de primeira viagem, invista em um curso de treinamento e desenvolvimento que o ajude a desenvolver as habilidades necessárias para gestão do seu negócio.

Como abrir uma empresa de coprodução em endereço residencial?

Quando abordamos o tema como abrir uma empresa de coprodução, recebemos muitas dúvidas em relação a abertura desse tipo de negócio em endereço residencial.

Por mais que seja possível atuar em endereço residencial, salvo nos casos onde a convenção do condomínio impede, recomendamos a utilização de um endereço virtual.

Com uma sede virtual como endereço comercial, o empreendedor não expõe o seu endereço pessoal, transmite maior profissionalismo e ainda pode economizar no pagamento de ISS.

A relação entre coprodutor e especialista e a importância de um contrato de coprodução

Como já sabemos, o infoprodutor na maioria dos casos, precisa do coprodutor para fazer o tráfego dos seus anúncios nas vendas de cursos online, e-books e mentorias, nos seus lançamentos digitais.

Nesse tipo de parceria, geralmente as responsabilidades e os investimentos são divididos e consequentemente os ganhos das vendas também.

Porém é aí que se deve ter cuidado, pois essa relação entre especialista x coprodutor deve ser firmada em um contrato de coprodução e esse documento valida juridicamente os direitos e deveres de ambos durante e após a parceria.

Nesse documento vai precisar todos os deveres e direitos de ambos, desde as responsabilidades de cada um, até a partilha dos ganhos e o proprietário das redes sociais, por exemplo.

Para elaborar um bom contrato de coprodução é necessário um profissional especializado em contratos de negócios digitais, sendo assim, conte conosco e com o nosso departamento jurídico.

Qual a importância da contabilidade especializada em coprodução?

Um coprodutor que pensa em crescimento já entendeu que abrir uma empresa é o melhor caminho para fazer parcerias com grandes infoprodutores em lançamentos digitais.

No entanto, um escritório contábil especializado obrigatoriamente deve ser contratado para fazer a escrituração contábil da empresa e assim manter a organização da contabilidade.

Manter a contabilidade em dia é importante para ter clareza na gestão contábil, financeira, tributária, fiscal e trabalhista da empresa e por isso um contador especializado em coprodutores é tão importante para esse apoio empresarial.

Deseja saber mais sobre a abertura de empresa? Conte com os nossos serviços em contabilidade especializada em negócios digitais.

Clique em um dos botões abaixo e entre em contato conosco!

Você quer impulsionar o seu negócio digital?

Em 3 passos simples você entra em contato com nossos especialistas e contrata nossos serviços especializados.